Contaminação do Lençol Freático por Resíduos Perigosos.

Lençol freático, conhecido também como lenço d’água, é uma forma de reservatório natural de água subterrâneo que se acumula entre as rachaduras das rochas. Corresponde à reserva de água subterrânea proveniente da chuva que se infiltra através dos poros e fissuras presentes no solo.

Podemos dizer que o que lençol freático é a superfície de contato direto entre a água proveniente do escoamento superficial e a água subterrânea. Exemplo: Quando chove, uma parte da água permanece na superfície e a outra se infiltra no solo chegando ao lençol freático.

Como Ocorre a Contaminação Por Resíduos Perigosos?

O Lençol freático fica muito próximo a superfície e qualquer atitude pode afetá-lo, assim como a chuva irriga o solo e logo segue para lençol freático, a mesma chuva em contato com material contaminado ou resíduo perigoso pode penetrar com a mesma facilidade. É comprovado que a maior parte dos problemas ecológicos estão relacionados ações gananciosas e desrespeitosas do ser humano.

Relacionamos as principais formas de contaminação dos lençóis d'água:

  • Lixões e Aterros Sanitários Irregulares:

Aterros sanitários irregulares (áreas que recebem lixo não fiscalizadas) contaminam o solo com fluidos (chorume) provenientes do lixo. Ao infiltrar-se no solo, esses fluidos alcançam os lençóis freáticos, contaminando-os com bactérias e resíduos contaminados diversos, inclusive com metais pesados.

  • Agrotóxicos e Produtos Químicos:

Caso sejam enterradas indevidamente, embalagens com restos dessas substâncias também contaminam o solo, poluindo o lençol freático, rios e mares.

  • Cemitérios:

A contaminação por meio da decomposição dos corpos, que fornecem ao solo diversos contaminantes, como coliformes fecais, bactérias e metais, e inclusive chumbo e alumínio.

Qual a Importância de Descartar os Resíduos Perigosos Corretamente?

Além de contribuir com a preservação da saúde pública e ambiental, estará atendendo a legislação sem correr o risco de multas e penalizações. A casos que os devidos procedimentos de destinação dos resíduos perigosos trazem benefícios à própria empresa que pode até reutilizar os materiais no processo de fabricação de novos produtos. 

Para isso não basta apenas separar o resíduo (lixo), é importante ter a certeza de que ele passará pelos processos de descontaminação, o melhor caminho é contratar um serviço qualificado para o descarte de resíduos perigosos, são diversas as empresas que oferecem soluções desde a coleta e transporte ao tratamento ou destinação final dos resíduos e adequação às normas e leis vigentes, o que é muito importante para evitar transtornos para a empresa.

Embalagem para Resíduos Perigosos (Contaminados)

O Big Bag para produtos perigosos é uma opção versátil, deve atender aos padrões de fabricação de acordo com as normas nacionais e atender a legislação (ANTT 5947) para transporte de resíduos perigosos e contaminados. 

Big Bags são resistentes, pois são produzidos em tecido de polipropileno virgem de alta resistência, com estabilização contra os raios UV, são embalagens flexíveis, e seguras para envase de resíduos perigosos ou contaminados.

Quando vazio, o Big Bag pode ser dobrado e ocupa pouco espaço de armazenagem, bem como é um embalagem leve com peso inferior a 3 quilos.

A capacidade de carga do Big Bag para produtos perigosos é um diferencial e pode variar de 250 kg até 1500 kg. Pode ser manuseado, transportado e armazenado sem paletes devido a alças de elevação integradas ao big bag; 

Para garantir o transporte de resíduos perigosos de forma correta, você deverá conferir  se o Big Bag é para produtos perigosos e certificado de acordo com a portaria nº 320 de julho/21 do Inmetro, de acordo com a legislação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT 5232, antiga ANTT 420).

Para comprovar a homologação, a empresa fabricante de Big Bag Homologado deve apresentar um certificado emitido por um Organismo Certificador de Produto (OCP), acreditado pelo INMETRO. Somente recebem a certificação os produtos aprovados em ensaios rigorosos realizados nos laboratórios acreditados e as especificações presentes no certificado devem ser as mesmas apresentadas no Selo Compulsório com a Logo do Inmetro, que obrigatoriamente será impresso no corpo do big bag certificado.

Ficou interessado? Quer saber como identificar um Big Bag Homologado? Elaboramos uma matéria especialmente para você. Veja a matéria clicando aqui.

São diversos os resíduos perigosos que podem ser transportados com Big Bags Homologados. Que tal conversar com nossos especialistas e ver qual o Big Bag mais adequado para sua empresa? Preencha o formulário abaixo que entraremos em contato com você.